Criança esperta não engorda e nem vira adulto problema

Brincava de pique, esconde-esconde, soltava pipa, jogava bola, andava de bicicleta. Para a escola ia e voltava a pé brincando de correr e morava em casa. Não parava nunca. Essa era a vida das crianças de antigamente que eram magras simplesmente porque gastavam segundo alguns estudos, umas 600 calorias a mais se comparadas com as de hoje.

Violência crescente, medo e carros. Muitos carros nas ruas congestionadas. As vilas onde a gente brincava não existem mais e as que existem se criança brincar na rua vem logo um vizinho chato reclamando do barulho. Outras vilas foram engolidas pela especulação imobiliária dando lugar a prédios, condomínios cercado de vigilância 24 horas mais parecendo prisões de segurança máxima.

As crianças? Desapareceram das ruas e se divertem entre quatro paredes na frente de um computador. Quando não, estão de olhos fixos na televisão. Entre computador e TV passam mais de 27 horas sentadas, inércia que só perde para as horas de sono. Ficaram gordinhas, sem massa muscular e doenças que antes eram típicas de adultos como a hipertensão arterial e o diabetes passaram acometer também as crianças.

Leva no médico pra quê se já sabe o porquê? Ao ouvir o médico dizer que precisa fazer exercício, controlar a alimentação os pais pensam estar transferindo a responsabilidade para ele. Foi o médico que falou!Ora!

Não precisamos ser muito inteligentes para saber que a obesidade na infância é a certeza de vida adulta problemática com pelo menos 30% mais chance de doenças cardiovasculares, articulares, ósseas, ansiedade, depressão e na terceira idade... Bom na terceira idade pode ser que nem chegue até lá porque já perdeu os 30% de vida.

Pelo menos eu não conheço muitas pessoas com mais de 80 anos que seja obesa e tenha tido uma vida sem atividade física e preocupada com alimentação saudável.

É bem verdade que existem poucos estudos mostrando quais são os benefícios evidentes da atividade física na criança, mas pelo menos três nem precisa provar porque todo mundo sabe:

1) São mais espertas, mais ágeis, não são obesas e não ficam doentes com freqüência.

2) Criança ativa tem muito mais chance de continuar assim na vida adulta e terão mais consciência de passar isso aos filhos.

3) Mais da metade dos adultos fisicamente ativos conheceram o esporte na infância e isso é um fato.

Eis a questão. Incentivar a criança a praticar esporte é dever dos pais e educadores, não significa determinar o que elas devem ou não fazer. Muitos pais escolhem a modalidade esportiva dos seus filhos sem ao menos perguntarem a elas se querem. Simplesmente o pai “acha” que aquela atividade é a boa para o seu filho ou faz por puro interesse particular para cuidar, naquele horário, de outros afazeres.

A competição é inerente ao ser humano e desde pequenos se lançam ao desafio naturalmente não se importando com resultado. Basta olharmos as crianças brincando na praça. Apostam corrida, criando as suas próprias regras de jogo. Tudo funciona bem e elas mesmas resolvem os problemas enquanto os pais não se metem tomando partido.

Partindo dessa premissa os pais, educadores, associações, colégios, prefeituras entre outros devem criar programas de incentivo à atividade física infantil baseada em algumas diretrizes:

1) Reduzir de alguma forma o número de horas gastas com o computador e TV. Muitos pais até preferem que suas crianças fiquem grudadas na telinha supostamente quietas em seus quartos por puro comodismo. Enquanto estão lá não estão enchendo o saco. Dizem ou pensam.

2) Estimular os estudantes à participação em jogos estudantis. Esses jogos quando bem conduzidos são uma excelente oportunidade de socialização. Moral, ética, respeito ao próximo, camaradagem e união são alguns desses valores desenvolvidos em competições além da possibilidade de descoberta de alguns raros talentos embora não seja o principal.

3) Valorizar e incentivar os profissionais de Educação Física da escola a realizar programas de atividade física voltados para a saúde e não apenas para a competição onde quem não tem talento acaba ficando de fora. É preciso realizar os dois programas porque a competição também tem seus fundamentos sociais.

4) A questão fundamental é o exemplo dos pais. A criança fica sem referencial quando os pais são obesos, sedentários e não têm hábitos de vida saudável. Coitada da que por obra do Divino Espírito Santo nascer magra na família de obesos. Vão achar que é doente.

Para Refletir: Quem não faz nada na vida, não tem nada e não pode reclamar de nada porque também não merece nada. Moraes 2009.

Sobre a Ética: Problemas existem para serem resolvidos e cada problema resolvido é a chance que temos de adquirir experiência para resolver outros. Moraes 2009.

Texto de Luiz Carlos de Moraes
Educador Físico
Email lcmoraes@compuland.com.br

Continue lendo...

Pessoas....

Adoro pessoas, sou completamente apaixonada por gente, adoro conhecer gente nova, trocar conhecimentos, adquirir nova bagagem.

Pessoas entram em nossas vidas por algum motivo, sempre, é só observarmos.

Talvez atraímos aquilo que estamos precisando no momento, a lei da atração realmente é muito forte.

Elas podem sumir tão rápido como aparecem, mas com certeza algo nos passou.

Talvez para nos dar mais alto confiança, mais amor próprio.

Talvez para nos mostrar caminhos.

Talvez para nós adquirimos mais tolerância.

Existem aquelas que entram em nossas vidas para uma transformação interior, dessas nunca esqueceremos. Pessoas que mesmo que nunca mais as encontremos, sempre seremos gratos.

Existem aquelas que entram em nossas vidas e parece que um furacão passou, e nos sentimos destruídos, sem força para seguir em frente. Sem conseguir enxergar o que de bom podemos levar de tudo, porque com certeza existe uma parte boa, a da evolução. Tudo acontece como deveria e na hora que deveria acontecer. Para nosso crescimento.

Como disse o filósofo, Rocky Balboa, “Nem você, nem eu, nem ninguém baterá tão forte quanto a vida. Mas isso não se trata de quão forte pode bater. Se trata de quão forte pode ser atingido e continuar seguindo em frente. [...] É assim que a vitória é conquistada!"

Estou dizendo isso porque nesta era de amigos virtuais, cada vez está mais difícil encontrarmos os amigos visuais, verdadeiros, de abraço apertado.

Aqueles que olhamos olho no olho, que nos conhecem, sabe o que cada olhar nosso significa. Esses não precisam ser os de infância, mas os de coração. São nossos amigos por nós e não pelo que podemos proporcionar a eles.

Então fica um tal de pessoa encontra pessoa, em sites de relacionamentos, e se tratam como amigos de infância sem ao menos se conhecerem, na verdade se conhecem, mas conhece o que o outro quer que ele conheça. Suas férias nos lugares da moda, seu carro novo, as baladas de fim de semana.

Tudo isso está lá, nas fotos. Nas fotos que expressam a sua vida, a vida que “Ele” quer que você conheça, ou a que quer fingir ter.

Mas ai quem nunca gostou disso, acaba um dia se contradizendo, porque a vida é assim. E um dia conhece alguém pela Internet, e vê que tudo depende da maneira que olhamos.

Que para um as férias no lugar da moda é o que lhe atrai, e para outro, a cultura que a outra pessoa adquiriu é o que lhe atrai.

Olhando de fora, tudo é igual, na verdade todos somos interessantes, depende do que o outro está buscando.

Uns buscam beber da fonte, e quando encontramos a fonte, essa fonte de conhecimento, experiência, não importa mais onde foi que conhecemos, o que importa é que conhecemos.

Coincidência ???. Acaso ??????. Prefiro dizer Destino.

O Destino coloca a cada dia Pessoas novas em nossas vidas. Depende só de nós, se elas permanecerão ou não.

Como disse, pessoas entram em nossas vidas por algum motivo, para ligar a chave que estava esquecida, para trabalharmos nossos apegos, para ativar nossa curiosidade do novo. Para nos mostrar os caminhos que podemos seguir, se quisermos.

Então antes de dizerem que preferem os cachorros aos Homens, deveriam olhar pro lado. Pessoas interessantes existem em qualquer lugar, de qualquer idade, basta você olhar, dar a oportunidade de conhecer, de ouvir. Pode ser em um ponto de ônibus, em uma loja ou na Internet, eu não julgo mais.........rs.........apenas deixo rolar.

Eu estou me permitindo, conhecendo pessoas novas. Sei que muitas, nunca mais verei, mas assimilei. E sei que tudo vai me servir para um novo ciclo.

Agora no final de mais um ciclo de vida, estou como observadora de mim, percebo que estou evoluindo e me tornando uma pessoa melhor, percebo que minha felicidade depende apenas de mim, e está em mim.

Estou a cada dia escolhendo o caminho a seguir, vai depender só de mim, se este caminho vai ser O Caminho, ou só mais um caminho. Como disse em um texto maravilhoso, o meu mais novo poço descoberto, de onde pretendo beber muito desta fonte de conhecimento.

E que venha o novo ciclo.

por Ana Carla Camargo........

Continue lendo...

Às Vezes

Às vezes as pessoas que amamos nos magoam, e nada podemos fazer, senão continuar nossa jornada com nosso coração machucado.

Às vezes nos falta esperança, mas alguém aparece para nos confortar.

Às vezes o amor nos machuca profundamente, e vamos nos recuperando muito lentamente dessa ferida tão dolorosa.

Às vezes perdemos nossa fé, então descobrimos que precisamos acreditar, tanto quanto precisamos respirar, é nossa razão de existir.

Às vezes estamos sem rumo, mas alguém entra em nossa vida, e se torna o nosso destino.

Às vezes estamos no meio de centenas de pessoas, e a solidão aperta nosso coração pela falta de uma única pessoa.

Às vezes a dor nos faz chorar, nos faz sofrer, nos faz querer parar de viver, até que algo toque nosso coração, algo simples como a beleza de um por do sol, a magnitude de uma noite estrelada, a simplicidade de uma brisa batendo em nosso rosto, é a força da natureza nos chamando para a vida.

Você descobre que as pessoas que pareciam ser sinceras e receberam sua confiança, te traíram sem qualquer piedade.

Você entende que o que para você era amizade para outros era apenas conveniência, oportunismo.

Você descobre que algumas pessoas nunca disseram eu te amo, e por isso nunca fizeram amor, apenas transaram, descobre também que outras disseram eu te amo uma única vez e agora temem dizer novamente, e com razão, mas se o seu sentimento for sincero poderá ajudá-las a reconstruir um coração quebrantado.

Assim ao conhecer alguém, preste atenção no caminho que essa pessoa percorreu, são fatores importantes:

a) a relação com a família;
b) as condições econômicas nas quais se desenvolveu (dificuldades extremas ou facilidades excessivas formam um caráter);
c) os relacionamentos anteriores e as razões do rompimento;
d) seus sonhos, ideais e objetivos.

Não deixe de acreditar no amor, mas certifique-se de estar entregando seu coração para alguém que dê valor aos mesmos sentimentos que você dá, manifeste suas idéias e planos, para saber se vocês combinam, esteja aberto a algumas alterações, mas jamais abra mão de tudo, pois se essa pessoa te deixar, então nada irá lhe restar.

Aproveite ao máximo seus momentos de felicidade, quando menos esperamos iniciam-se períodos difíceis em nossas vidas.

Tenha sempre em mente que as vezes tentar salvar um relacionamento, manter um grande amor, pode ter um preço muito alto se esse sentimento não for recíproco, pois em algum outro momento essa pessoa irá te deixar e seu sofrimento será ainda mais intenso,do que teria sido no passado.

Pode ser difícil fazer algumas escolhas, mas muitas vezes isso é necessário, existe uma diferença muito grande entre conhecer o caminho e percorrê-lo.

Não procure querer conhecer seu futuro antes da hora, nem exagere em seu sofrimento, esperar é dar uma chance à vida para que ela coloque a pessoa certa em seu caminho.

A tristeza pode ser intensa, mas jamais será eterna.

A felicidade pode demorar a chegar, mas o importante é que ela venha para ficar e não esteja apenas de passagem, como acontece com muitas pessoas que cruzam nosso caminho.

(Luiz Fernando Veríssimo)

Continue lendo...

Aquiete sua Mente.......Dica Ayurvédica.

Está com a mente inquieta????, quer acalmar a mente???????? Experimente então mais uma dica da Ayurveda.

Leite Morno Medicado
1 xícara de leite
1 pau de canela
2 cravos
3 sementes de cardamomo (dar uma amassada para ferver)
Um pouco de Açucar Mascavo.
Ferver o leite com todos os ingredientes, por uns 2 minutos, ralar um pouco de Noz Moscada e tomar antes de dormir.

Continue lendo...

Receitas Ayurvédicas

A ayurveda classifica os alimentos por 'rasa' (sabor): doce, salgado, azedo, amargo, picante e adstringente. Uma refeição equilibrada deve conter as seis categorias. Além disso, acredita-se que fatores como a temperatura da comida, chamada de 'virya', influem na digestão. O melhor horário para a refeição principal é às 12 horas, quando o poder digestivo está no pico. Veja algumas receitas:

Lassi
Bebida à base de iogurte, que facilita a digestão. Para cada dosha, uma receita


Continue lendo...

Melhor Ficar Quieto a Dizer uma Mentira


Mais um texto retirado do Livro 1 - Sai Baba Comenta Bhagavad Gita, para ler e refletir..........

Se está seguindo o caminho da verdade, poderá haver alguns problemas que você encontrará. Um determinado sábio, executando penitência, tinha feito um juramento de seguir o caminho da verdade e da não-violência, houvesse o que houvesse. Um cruel caçador que soube disto tentou induzir o sábio a quebrar o seu voto. O caçador perseguiu um cervo e o guiou de modo que passasse em frente ao sábio, imerso em suas austeridades. O sábio viu o cervo se esconder num arbusto. O caçador veio correndo e perguntou ao sábio: "Você viu um cervo passando por aqui?" O sábio estava num grande conflito. Se ele dissesse a verdade, causaria mal ao cervo; se não dissesse a verdade, ele estaria quebrando o seu voto. Por um lado, ele cometeria o pecado de causar dano a outro ser; e, por outro, cometeria o pecado de mentir.
O sábio encontrou uma maneira muito boa de lidar com este dilema. Ele respondeu à pergunta do caçador de uma maneira um tanto enigmática. Ele disse: "Os olhos que vêem não podem falar e a boca que fala não pode ver. Eu não posso fazer aquilo que viu falar; e aquilo que fala, ver. Essa é a verdade." Mesmo em tais situações difíceis, a pessoa não deve dizer uma mentira; mas a pessoa também pode ser capaz de não dizer a verdade. Quando você está engajado num tipo de austeridade vocal, situações difíceis deste tipo podem surgir. Você deve fazer todo o esforço para cuidar de sair da situação sem proferir qualquer falsidade. Quaisquer que sejam as circunstâncias, não diga uma mentira. Se você não puder dizer a verdade, então, é melhor manter-se quieto e observar silêncio a proferir uma mentira.

Continue lendo...

Tudo Sofre Mudança

Devido ao passar do tempo, tudo sofre mudança. O alimento fresco, cozido hoje, é saboroso e delicioso. Enquanto for fresco, seu potencial para fornecer força e saúde é muito bom. Mas, os mesmos gêneros alimentícios se tornam tóxicos depois de um período de dois dias. Qualquer alimento que você considere bom, útil, saudável e benéfico; após determinado período, será transformado em algo ruim, inútil, insalubre e prejudicial. Estas mudanças são inevitáveis.

No contexto da mudança, você também pode perceber quatro tipos de devotos: aquele que está aflito e busca o alívio da dor e do sofrimento, aquele que busca dádivas materiais e prosperidade, aquele que busca o conhecimento espiritual, e o sábio. Num determinado intervalo de tempo, uma mesma pessoa pode progredir através de todos estes estágios.

Nós também podemos considerar as mudanças que ocorrem no decorrer de uma vida. Imediatamente após o nascimento, o recém-nascido é chamado de bebê; após alguns anos, é definido como uma criança; vinte anos mais tarde, a mesma pessoa é considerada um adulto; e, após outros 30 anos, terá se transformado num avô ou avó. Estas não são quatro pessoas distintas. É a mesma pessoa todo o tempo; mas, devido ao passar do tempo, diferentes nomes são dados, de acordo com os diferentes estágios da vida pelos quais o indivíduo está passando.

A vida de ser humano, que é muito difícil de obter, sofre muitas mudanças com o decorrer do tempo. Quando isto é verdade para seres humanos; então, quão mais verdadeiro deve ser para todos os demais seres e objetos do mundo? Se perguntar qual é o maior defeito do ser humano, você descobrirá que são as mudanças que ocorrem em seu corpo físico. Quer boas quer más, estas mudanças não podem ser evitadas. As mudanças são inerentes a tudo no mundo do fenômeno, você não deve desenvolver qualquer apego ou sentimento de posse por nada nem por ninguém.

Quem é o pai? Quem é a mãe? Quem são as crianças? Quem são os membros da família? Quem são os amigos? Todas estas formas são mutáveis. Você não pode responder a estas perguntas de uma maneira definitiva. Tão logo você se torne consciente de todas estas mudanças que estão ocorrendo constantemente em todos estes relacionamentos; então, como você poderá desenvolver qualquer apego? A Gita ensinou que a pessoa deve reconhecer todas as mudanças que surgem com o tempo como defeitos fundamentais e imperfeições. Por esse motivo, desenvolva completo desapego às formas imperfeitas que estão sofrendo estas mudanças. Estas não têm permanência.

Prática Constante

O desapego ou o "não-apego" é a primeira disciplina importante que deve ser empreendida. A segunda é a prática constante. Que tipo de prática pode ser chamada constante? Um tipo é austeridade ou penitência. O momento em que as pessoas ouvem esta palavra: "austeridade", elas ficam um pouco assustadas. Elas inevitavelmente associam austeridade com ir à floresta, comer quaisquer frutas e raízes que estiverem disponíveis lá e se exporem a todos os tipos de riscos e sofrimentos. Verdadeiramente falando, isso não é austeridade; isso é apenas colocar o corpo em algum sofrimento e punição.

Não é o corpo que deve se submeter ao sofrimento, mas a mente. A mente tende tanto à indolência e ao caos quanto à atividade sem fim, e está cheia de sentimento de autoria e de possessividade. Austeridade é colocar tal mente, com todas estas tendências negativas que se lhe aderem, em real tortura; até que todas estas tendências se desprendam. Austeridade também significa remover os defeitos que são inerentes aos órgãos dos sentidos. Esta é a verdadeira austeridade. Há três tipos de austeridade. Uma é a austeridade física, do corpo; a segunda é a austeridade vocal, da língua; e a terceira é a austeridade mental, da mente.

Retirado do livro - Sai Baba Comenta Bhagavad Gita - Livro 1

Continue lendo...

OSHO - A ARTE DE VIVER

"O homem nasce para atingir a vida, mas tudo depende dele. Ele pode perdê-la. Ele pode seguir respirando, ele pode seguir comendo, ele pode seguir envelhecendo, ele pode seguir se movendo em direção ao túmulo - mas isso não é vida. Isso é morte gradual, do berço ao túmulo, uma morte gradual com a duração de setenta anos. E porque milhões de pessoas ao redor de você estão morrendo essa morte lenta e gradual, você também começa a imitá-los. As crianças aprendem tudo daqueles que estão em volta delas e nós estamos rodeados pelos mortos. Então temos que entender primeiro o que eu entendo por 'vida'. Ela não deve ser simplesmente envelhecer. Ela deve ser desenvolver-se. E isso são duas coisas diferentes. Envelhecer, qualquer animal é capaz. Desenvolver-se é prerrogativa dos seres humanos. Somente uns poucos reivindicam esse direito. Desenvolver-se significa mover-se a cada momento mais profundamente no princípio da vida; significa afastar-se da morte - não ir na direção da morte.

Quanto mais profundo você vai para dentro da vida, mais entende a imortalidade dentro de você. Você está se afastando da morte: chega a um momento em que você pode ver que a morte não é nada, apenas um trocar de roupas ou trocar de casas, trocar de formas - nada morre, nada pode morrer. A morte é a maior ilusão que existe. Como desenvolver-se? Simplesmente observe uma árvore. Enquanto a árvore cresce, suas raízes crescem para baixo, tornam-se mais profundas.

Existe um equilíbrio; quanto mais alto a árvore vai, mais fundo as raízes vão. Na vida, desenvolver-se significa crescer profundamente para dentro de si mesmo - que é onde suas raízes estão. Para mim o primeiro princípio da vida é meditação. Tudo o mais vem em segundo lugar. E a infância é o melhor momento. À medida que você envelhece, significa que você está chegando mais perto da morte, e se torna mais e mais difícil entrar em meditação. Meditação significa entrar na sua imortalidade, entrar na sua eternidade, entrar na sua divindade. E a criança é a pessoa mais qualificada porque ela ainda está sem a carga da educação, sem a carga de todo o tipo de lixo. Ela é inocente. Mas infelizmente a sua inocência está sendo considerada como ignorância. Ignorância e inocência tem uma similaridade, mas elas não são a mesma coisa.

Ignorância também é um estado de não conhecimento, tanto quanto a inocência é. Mas também existe uma grande diferença que passou despercebida por toda a humanidade até agora. A inocência não é instruída - mas também não é desejosa de ser instruída. Ela é totalmente contente, preenchida... O primeiro passo na arte de viver será criar uma linha de demarcação entre ignorância e inocência. Inocência tem que ser apoiada, protegida - porque a criança trouxe com ela o maior tesouro, o tesouro que os sábios encontram depois de esforços árduos. Os sábios têm dito que se tornaram crianças novamente, que eles renasceram... Sempre que você perceber que perdeu a oportunidade da vida, o primeiro princípio a ser trazido de volta é a inocência.

Abandone o seu conhecimento, esqueça as suas escrituras, esqueça as suas religiões, suas teologias, suas filosofias. Nasça novamente, torne-se inocente - e a possibilidade está em suas mãos. Limpe a sua mente de todo conhecimento que não foi descoberto por você mesmo, de todo conhecimento que foi tomado emprestado dos outros, tudo o que veio pela tradição, convenção, tudo o que lhe foi dado pelos outros - pais, professores, universidades. Simplesmente desfaça-se disso. Novamente seja simples, mais uma vez seja uma criança. E esse milagre é possível pela meditação. Meditação é apenas um método cirúrgico não convencional que corta tudo aquilo que não é seu e só preserva aquilo que é o seu autêntico ser. Ela queima tudo o mais e o deixa nu, sozinho embaixo do sol, no vento. É como se você fosse o primeiro homem que tivesse descido na Terra - que nada sabe e que tem que descobrir tudo, que tem que ser um buscador, que tem que ir em peregrinação. O segundo princípio é a peregrinação. A vida deve ser uma busca - não um desejo, mas uma pesquisa: não uma ambição para tornar-se isso, para tornar-se aquilo, um presidente de um país, ou um primeiro-ministro, mas uma pesquisa para encontrar 'Quem sou eu?'. É muito estranho que as pessoas que não sabem quem elas são, estão tentando se tornar alguém. Elas nem mesmo sabem quem elas são neste momento! Elas não conhecem os seus seres - mas elas têm um objetivo de vir a ser. Vir a ser é a doença da alma. O ser é você e descobrir o seu ser é o começo da vida. Então cada momento é uma nova descoberta, cada momento traz uma alegria. Um novo mistério abre as suas portas, um novo amor começa a crescer em você, uma nova compaixão que você nunca sentiu antes, uma nova sensibilidade a respeito da beleza, a respeito da bondade. Você se torna tão sensível que até a menor folha de grama passa a ter uma importância imensa para você. Sua sensibilidade torna claro para você que essa pequena folha de grama é tão importante para a existência quanto a maior estrela; sem esse folha de grama, a existência seria menos do que é. E essa pequena folha de grama é única, ela é insubstituível, ela tem a sua própria individualidade. E essa sensibilidade criará novas amizades para você - amizades com árvores, com pássaros, com animais, com montanhas, com rios, com oceanos, com as estrelas. A vida se torna mais rica enquanto o amor cresce, enquanto a amizade cresce...

Quando você se torna mais sensível, a vida se torna maior. Ela não é um pequeno poço, ela se torna oceânica. Ela não está confinada a você, sua esposa e seus filhos - ela não é confinada de jeito algum. Toda essa existência se torna a sua família e a não ser que toda essa existência seja a sua família, você não conheceu o que é a vida. - porque homem algum é uma ilha, nós estamos todos conectados. Nós somos um vasto continente, unidos de mil maneiras. E se o nosso coração não está cheio de amor pelo todo, na mesma proporção a nossa vida é diminuída. A meditação lhe traz sensibilidade, uma grande sensação de pertencer ao mundo. Este é o nosso mundo - as estrelas são nossas e nós não somos estrangeiros aqui. Nós pertencemos intrinsecamente à existência. Nós somos parte dela, nós somos o coração dela. Em segundo lugar, a meditação irá lhe trazer um grande silêncio - porque todo o lixo do conhecimento foi embora, pensamentos que são partes do conhecimento foram embora também... Um imenso silêncio e você é surpreendido - esse silêncio é a única música que existe. Toda música é um esforço para manifestar esse silêncio de algum modo. Os videntes do antigo oriente foram muito enfáticos a respeito da questão de que todas as grandes artes - música, poesia, dança, pintura, escultura - são todas nascidas da meditação. Elas são um esforço para, de algum modo, trazer o incompreensível para o mundo do conhecimento, para aqueles que não estão prontos para a peregrinação - presentes para aqueles que ainda não estão prontos para partirem na peregrinação. Talvez uma canção possa despertar um desejo de ir em busca da fonte, talvez uma estátua. Na próxima vez que em você entrar em um templo de Gautama Buda ou de Mahavira, sente-se silenciosamente e olhe a estátua... porque a estátua foi feita de tal forma, em tal proporção que se você olhá-la, você cairá em silêncio. É uma estátua de meditação; não é a respeito de Gautama Buda ou de Mahavira...

Naquele estado oceânico, o corpo toma uma certa postura. Você próprio já observou isso, mas não estava alerta. Quando você está com raiva, você observou? seu corpo tomou uma certa postura. Na raiva você não pode manter as suas mãos abertas: na raiva, a mão se fecha. Na raiva você não pode sorrir - ou você pode? Com uma certa emoção, o corpo tem que seguir uma certa postura. Pequenas coisas estão profundamente relacionadas no interior... Uma certa ciência secreta foi usada por séculos, de modo que as gerações futuras pudessem entrar em contato com as experiências das gerações mais velhas - não através de livros, não através de palavras, mas através de algo que vai mais profundo - através do silêncio, através da meditação, através da paz. À medida que seu silêncio cresce, sua amizade cresce, seu amor cresce; sua vida se torna uma dança, momento a momento, uma alegria, uma celebração. Você já pensou sobre o porquê, em todo o mundo, em toda cultura, em toda sociedade, existem uns poucos dias no ano para a celebração? Esses poucos dias para a celebração são apenas uma compensação - porque essas sociedades tiraram toda a celebração de sua vida e se nada é dado para você em compensação, sua vida pode tornar-se um perigo para a cultura. Toda cultura criou alguma compensação e assim você não se sentirá completamente perdido na miséria, na tristeza... Mas essas compensações são falsas. Mas no seu mundo interior pode existir uma continuidade de luz, canções, alegria. Sempre lembre-se que a sociedade o compensa quando ela sente que a repressão pode explodir em uma situação perigosa se não for compensada. A sociedade encontra algum jeito de lhe permitir soltar a repressão. Mas isso não é a verdadeira celebração, e não pode ser verdadeira. A verdadeira celebração deveria vir de sua vida, na sua vida. E a celebração não pode estar de acordo com o calendário, que no primeiro dia de novembro você irá celebrar.

Estranho, o ano todo você é miserável e no primeiro dia de novembro, de repente, você sai da miséria, dançando. Ou a miséria era falsa ou o primeiro de novembro é falso.; ambos não podem ser verdadeiros. E uma vez que o primeiro de novembro se vai, você está de volta em seu buraco negro, todo mundo em sua miséria, todo mundo em sua ansiedade. A vida deveria ser uma celebração contínua, um festival de luzes por todo o ano. Somente então você pode se desenvolver, você pode florir. Transforme pequenas coisas em celebração... Tudo o que você faz deveria expressar a si próprio; deveria ter a sua assinatura. Então a vida se torna uma celebração contínua. Inclusive se você adoece e você está deitado na cama, você fará daqueles momentos de repouso, momentos de beleza e alegria, momentos de relaxamento e descanso, momentos de meditação, momentos para ouvir música ou poesia. Não há necessidade de ficar triste porque você está doente. Você deveria estar feliz porque todo mundo está no escritório e você está na cama como um rei, relaxando - alguém está preparando chá para você, o samovar está cantando uma canção, um amigo se oferece para vir e tocar flauta para você. Essas coisas são mais importantes do que qualquer remédio. Quando você está doente, chame um médico.

Mas, mais importante, chame aqueles que o amam porque não existe remédio mais importante que o amor. Chame aqueles que podem criar beleza, música, poesia à sua volta, porque não existe nada que cure como uma atmosfera de celebração. O medicamento é o mais baixo tipo de tratamento. Mas parece que nós esquecemos tudo, assim nós temos que depender dos medicamentos e ficar rabugentos e tristes - como se você estivesse perdendo uma grande alegria que havia quando você estava no escritório! No escritório você era miserável - simplesmente um dia de folga, mas você também se agarra à miséria, você não a deixa ir. Faça todas as coisas criativas, faça o melhor a partir do pior - isso é o que eu chamo de arte. E se um homem viveu toda a vida fazendo a todo momento uma beleza, um amor, um desfrute, naturalmente a sua morte será o supremo pico no empenho de toda a sua vida. Os últimos toques... sua morte não será feia como ordinariamente acontece todo dia com todo mundo. Se a morte é feia, isso significa que toda a sua vida foi um desperdício. A morte deveria ser uma aceitação pacífica, uma entrada amorosa no desconhecido, um alegre despedir-se dos velhos amigos, do velho mundo... Comece com a meditação e muitas coisas crescerão em você - silêncio, serenidade, êxtase, sensibilidade. E o que quer que venha com a meditação, tente trazer para a sua vida. Compartilhe isso, porque tudo o que é compartilhado cresce mais rápido. E quando você atingir o momento da morte, você saberá que não existe morte. Você pode dizer adeus, não existe nenhuma necessidade de lágrima de tristeza - talvez lágrimas de felicidade, mas não de tristeza."

OSHO, O Livro da Cura

Continue lendo...

Como fazer Pomadas e Cremes a base de Ghee

Misture os componentes indicados nas fórmulas, mexendo lentamente, em um recipiente de vidro ou aço, procure não utilizar alumínio porque este é tóxico, aquecendo em fogo brando sem deixar ferver. O mais indicado é fazer a mistura mantendo um banho-maria. Quando a mistura resultar homogênea, o creme esta pronto. Colocar em recipientes apropriados mantendo-os em lugares frescos, (pode ser na geladeira).

A validade desta fórmula varia muito de local para local, mas o Ghee, quanto mais antigo, mais terapêutico ele é. Alguns cremes e pomadas devem ser aplicados quentes, aquecidos em banho-maria e aplicados no local indicado. Tome cuidado para não deixar ferver o produto e queimar a pele do paciente. Usamos a medida “porção, que pode ser um copo, uma xícara, uma colher, etc., depende da quantidade que se quer preparar, Contudo, devem-se respeitar as proporções aqui colocadas, para que não se altere a quantidade dos produtos”.

Continue lendo...

Como fazer Tintura Mãe



Você vai precisar de:

  • Erva Seca

  • Álcool Cereal
  • Proveta

  • 2 Vidros (Tipo de Azeitona, a tampa não pode ser de plástico)

  • Etiquetas
  • Vidro Âmbar
Para esterilizar os vidros.
Ferver por 15 minutos, enquanto ferve os vidros, ligar o forno e deixá-lo bem quente. Após ferver os vidros, colocá-los sobre um pano de prato (este pano deve ser de uso exclusivo para Fitoterapia) dentro de uma forma, com a boca virada para baixo. Levar para o forno desligado e quente, tirar e fechar o vidro quando o forno esfriar.

Etiquetar os Vidros:
01 com o nome da Erva concentração 30%
01 com o nome da Erva concentração 70%

Preparar o Álcool: Exemplo para 2 litros de Tintura.

70%

700 ml de álcool cereal
300 ml de água Mineral ou filtrada.

30%
300 ml de álcool cereal
700 ml de água Mineral ou filtrada.
1ª Etapa:

Colocar 1/5 de erva seca no vidro com etiqueta 30% e completar o vidro com o álcool 30%.
Colocar 1/5 de erva seca no vidro com etiqueta 70% e completar o vidro com o álcool 70%.
Deixar em maceração por 6 dias no escuro. Não deixar passar muita luz, pode guardar os vidros em sacos de pão, dentro de um armário.
2ª Etapa:
Separa o líquido do bagaço.
3ª Etapa:
Colocar o líquido de 30% no bagaço de 70% e o 70% no bagaço de 30%.
4ª Etapa:

Juntar os dois líquidos e dividir nos bagaços.

5ª Etapa:

Deixar macerar por mais 8 dias. No escuro novamente.


6ª Etapa:

Coar e guardar em vidros âmbar ( esterilizado) longe da luz. Depois de pronto, 2 anos de validade.

Atenção: Não deixar passar mais de 25 dias da 1ª a 6ª Etapa. Após 25 dias começa a ação enzimática. Da 2ª a 4ª Etapa não precisa macerar.

Esquema:

Continue lendo...

Livros Grátis

Existe um site do Governo Federal, Portal Domínio Público, com um acervo de mais de 20000 obras, que propõe o compartilhamento de conhecimentos de forma equânime, colocando à disposição uma biblioteca virtual que deverá se constituir em referência para professores, alunos, pesquisadores e para a população em geral.

Entre as livros grátis presentes destaca-se: as obras de Machado de Assis, as poesias de Fernando PEssoa, os literatura infantil. Obras de autores, tais como: Artur Azevedo, Casimiro de Abreu, Olavo Bilac, Gil Vicente, Machado de Assis, Luís Vaz de Camões, Fernando Pessoa, José Maria Eça de Queirós, Aluísio Azevedo, William Shakespeare, José de Alencar, Euclides da Cunha, Antônio Gonçalves Dias, Gregório de Matos
Você pode efetuar pesquisa por conteúdo, pesquisa de teses e dissertações e pesquisa por nome do autor.

O Portal de Domínio Público ao promover o acesso às obras literárias, artísticas e científicas permite a integração, a preservação e o compartilhamento de conhecimentos através da Internet. As informações e conhecimentos são disponibilizadas de forma livre e gratuita, incentivando o aprendizado, a inovação e a cooperação entre os geradores de conteúdo e seus usuários.

Segue a lista de livros grátis em PDF, mais acessados no site http://www.dominiopublico.gov.br/
A Divina Comédia Dante Alighieri
A borboleta azul Lenira Almeida Heck
Poemas de Fernando Pessoa Fernando Pessoa
A Comédia dos Erros William Shakespeare
O peixinho e o gato Lenira Almeida Heck
Romeu e Julieta William Shakespeare
Mensagem Fernando Pessoa
A Bruxa e o Caldeirão José Leon Machado
Dom Casmurro Machado de Assis
Cancioneiro Fernando Pessoa
O galo Tião e a dinda Raposa Lenira Almeida Heck
A Cartomante Machado de Assis
Sonho de Uma Noite de Verão William Shakespeare
O Eu profundo e os outros Eus. Fernando Pessoa
A Carteira Machado de Assis
Poesias Inéditas Fernando Pessoa
A Megera Domada William Shakespeare
A Tragédia de Hamlet, Príncipe da Dinamarca William Shakespeare
Tudo Bem Quando Termina Bem William Shakespeare
Do Livro do Desassossego Fernando Pessoa
Elementos de Geometria Euclides
Histórias da Avózinha Alberto Figueiredo Pimentel
Dom Casmurro Machado de Assis
Macbeth William Shakespeare
O galo Tião e a vaca Malhada Lenira Almeida Heck
O pastor amoroso Fernando Pessoa
No reino das letras felizes Lenira Almeida Heck
A Igreja do Diabo Machado de Assis
A Carta Pero Vaz de Caminha
A Tempestade William Shakespeare
Livro do Desassossego Fernando Pessoa
O Mercador de Veneza William Shakespeare
O Guardador de Rebanhos Fernando Pessoa
Este mundo da injustiça globalizada José Saramago
A Carta de Pero Vaz de Caminha Pero Vaz de Caminha
Memórias Póstumas de Brás Cubas Machado de Assis
Trabalhos de Amor Perdidos William Shakespeare
Histórias que acabam aqui Maria Teresa Lobato Fernandes Pereira Lopes
Os Lusíadas Luís Vaz de Camões
O ensino do desenho Lucio Costa
Manifesto Comunista Friedrich Engels
Karl Marx Karl Marx
A Metamorfose Franz Kafka
A Cidade e as Serras José Maria Eça de Queirós
Apologia de Sócrates Platão
Poemas Traduzidos Fernando Pessoa
A Mão e a Luva Machado de Assis
Crítica da Razão Pura Immanuel Kant
Conto de Inverno William Shakespeare
Curso de Linux Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial - SENAI
O Eu profundo e os outros Eus. Fernando Pessoa
Noventa e Cinco Teses de Lutero Martinho Lutero
A Paranoia Julio de Mattos
A Filosofia entre a Religião e a Ciência Bertrand Russell
Apologia de Sócrates Platão
Tudo Bem Quando Termina Bem William Shakespeare
Códigos do Brasil Anônimo
A Carta Pero Vaz de Caminha
Dicionário de Termos Técnicos de Informática - 3a. edição Carlos E. Morimoto
A Igreja do Diabo Machado de Assis
Curso de Magia José Roberto Romeiro Abrahão
Macbeth William Shakespeare
Este mundo da injustiça globalizada José Saramago
Discurso do Método René Descartes
Dicionário Filosófico Voltaire
O Livro dos Espíritos Allan Kardec
Histórias que acabam aqui Maria Teresa Lobato Fernandes Pereira Lopes
A Tempestade William Shakespeare
A Cidade e as Serras José Maria Eça de Queirós
O pastor amoroso Fernando Pessoa
A Carta de Pero Vaz de Caminha Pero Vaz de Caminha
Introdução à Eletrônica Carlos H. de Brito Cruz
Discurso sobre a Origem da Desigualdade Entre os Homens Jean-Jacques Rousseau

O site de http://www.alessandromartins.com/2007/02/15/gratis-os-50-livros-mais-baixados-no-site-dominio-publico/ também aborda o assunto de Livros Grátis para Download.

Fonte: Marfisa

Continue lendo...