Ervas Nativas do Brasil - Fitoterápicos no SUS.

O Sistema Único de Saúde - SUS, passa a custear seis novos medicamentos à base de espécies brasileiras. Eles serão disponibilizados pela rede pública para tratar problemas como constipação e dor nas costas. Uma seleção de fitoterápicos prestigiados no meu científico ganha o apoio das autoridades brasileiras para desembarcar nos postos de saúde do pais. O SUS irá custear remédios desenvolvidos por laboratórios com base em plantas nativas, ampliando, assim, o arsenal terapêutico dos médicos.

As seis Espécies na Rede Pública são:


Alcachofra (Cynara Scolymus) - Aplicação: dores abdominais relacionadas à problemas de fígado.
Aroeira (Schinus Terebenthifolius) - Aplicação: infecções ginecológicas.

Cáscara-Sagrada (Rhamnus Purshiana) - Aplicação: Cosntipação.

Garra-do-Diabo (Harpagophytum Procumbens) - Aplicação: anti-inflamatório para dores nas costas e osteoartrite.

Isoflavona da Soja (Glycine Max) - Aplicação: sintomas de menopausa, como fogachos.

Unha-de-Gato (Uncaria Tomentosa) - Aplicação: anti-inflamatório para artrite reumatoide e osteoartrite.

Em 01 de junho de 2008 eu postei um Composto para Artrite e Artrose onde consta a Garra-do-Diabo e a Unha-de-Gato.

O Ministério da Saúde vai promover este ano também, um curso para médicos com o objetivo de capacitá-los a prescrever fitoterápicos.

Uma ótima notícia para quem assim como eu reconhece o poder das ervas.

Confira a lista das 71 plantas medicinais que poderão ser fornecidas pelo SUS.

Fonte: Revsita Saúde - Fevereiro 2010.

1 comentário

Daniele disse...

Acredito, que ao disponibilizar de forma racional e coerente os fitoterápicos no SUS a população, a medicina associada ao conhecimento e avanço científico ganham uma grande credibilidade e eficiência. Os fitoterápicos são fortes aliados na procura de qualidade de vida e ferramentas terapêuticas com grande potencial a serem explorados. Reconhecendo isso, médicos e profissionais da saúde em geral, dão um grande passo no sentido clínico-cientifico.

Postar um comentário